Como usar uma extensão elétrica de forma adequada?

Usar uma extensão elétrica de forma correta

A extensão elétrica é um acessório muito usado pelos brasileiros, sendo um facilitador no dia a dia de várias pessoas. Como o próprio nome diz, a extensão permite ligar equipamentos com uma distância ainda maior, assim como também aumenta o número de tomadas disponíveis. Entretanto, apesar de parecer algo bem simples, antes de usar uma extensão elétrica é necessário se atentar a algumas questões, para evitar os riscos de acidentes.

Quais os riscos que posso estar exposto ao utilizar uma extensão sem os requisitos de segurança?
  • Risco de choque elétrico: Uma vez que, a extensão possua cabos descascados, mal dimensionados, tomadas com furos mais largos, ou até mesmo caixas de tomadas com materiais que possam conduzir corrente elétrica, os choques elétricos podem vir a acontecer, colocando em riscos a vida das pessoas.
  • Riscos de incêndio: Isso pode acontecer quando o material que envolve o cabo não resiste ao aumento de temperatura, gerado pela passagem de corrente elétrica. A consequência desse processo é um curto circuito. Isso pode se agravar ainda mais, principalmente quando o material que compõe a extensão possui características que facilitam a propagação de fogo.
Então, quais cuidados devo tomar antes de usar uma extensão elétrica?

Bom, existem alguns cuidados extremamente necessários para evitar os riscos citados no tópico anterior, e em decorrência disso, veja alguns cuidados listados em seguida:

  1. Verifique a certificação do Inmetro: Antes de mais nada, vale ressaltar que, um dos pontos mais importantes nesse processo é saber se o equipamento é certificado pelo Inmetro. Mas como posso saber se o produto é certificado? É simples! Todos os produtos certificados possuem a marca do Inmetro, seja na sua embalagem ou até mesmo no próprio produto (cabo e caixa de tomadas). Essa certificação garante que você não estará comprando um produto fabricado informalmente, fora da norma e consequentemente mal dimensionado.
  2. Observe as informações técnicas na embalagem e no produto: Todo produto certificado deverá apresentar informações técnicas a respeito do mecanismo de funcionamento contidas na embalagem. Essas informações trazem os limites que tal extensão pode suportar, como por exemplo, a corrente elétrica máxima, tensão máxima e potência máxima, que por sua vez são fundamentais, visto que a extensão é feita para suportar até um certo ponto.
  3. Verifique o limite de aparelhos que você poderá ligar simultaneamente: Primeiramente, antes de usar uma extensão elétrica, é muito importante saber se a potência dos equipamentos não ultrapassará a capacidade máxima. Por exemplo, uma extensão que trabalha com uma potência máxima de 2540W, não suportará um fogão elétrico que tenha 3000W, já que passou do limite. Vale ressaltar que, a especificação de potência e corrente máxima são válidas para toda estrutura da extensão, e não por quantidade de tomadas que ela possui. Assim, se a extensão possui 3 tomadas e suporta até 2540W, esse valor é atribuído para toda a caixa de tomadas.
Segue algumas recomendações para o uso das extensões elétricas:
  • Momento de compra: É interessante saber se a extensão está de acordo às normas vigentes. Por exemplo, deve-se observar se as tomadas e plugues possuem 3 pinos, já que um desses pinos é o responsável pelo aterramento.
  • Durante o uso: Evitar a utilização da extensão com o cabo enrolado, pois a mesma pode acabar tendo um maior aquecimento.

Gostou do conteúdo?

Que tal dar uma olhadinha nos outros do nosso blog?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *