Transformador no ar condicionado: é seguro?

transformador ar condicionado

Ainda temos algumas residências com rede elétrica de 127 Volts em nosso país. Não é muito fácil encontrar um condicionador de ar operando nessa tensão, mesmo existindo redes de duas voltagens. Você também comprou um ar-condicionado 220 Volts? Mora em uma casa onde a rede é 127 Volts? Se sim, imagino que esteja se questionando se é seguro usar um transformador no ar-condicionado! Para saber sobre essa questão, confere o texto!

Comprei um ar-condicionado de 220 Volts e minha residência é 127 Volts: e agora?

Para não sofrer uma sobrecarga, não é recomendado que se ligue um aparelho de 220 Volts numa rede de tensão de 127 Volts. Isto se deve ao fato de que a voltagem dessa rede é menor do que o equipamento precisa para funcionar! Esta prática, contudo, não é recomendável porque dessa forma o aparelho não funciona corretamente.

Ainda temos ar-condicionado de 127 Volts?

Por certo, esses modelos estão cada vez mais raros. Sem dúvida, temos como principal motivo para isso é que é muito mais barato fabricar apenas uma voltagem. Nesse sentido, a demanda por aparelhos 127 Volts, no Brasil, não compensa a produção por parte dos fabricantes! Desse modo, os mesmos optam por uma única voltagem para diminuição de custos.

A fim de contornar essa situação e não perder o equipamento comprado, muitos optam por usar um transformador no ar-condicionado.

Quais os riscos?

Especialistas em refrigeração tem algumas ressalvas com essa prática, uma vez que o transformador tem vida útil menor que o ar-condicionado e, por isso, pode danificar antes do condicionador de ar e diminuir a segurança da instalação. Dessa maneira, temos alguns riscos como:

  • descarga elétrica;
  • curto-circuito e superaquecimento (com o risco de gerar incêndios);
  • maior consumo de energia;
  • danos ao ar condicionado;
  • diminuição da vida útil do aparelho.

Para evitar tais riscos, escolha um transformador com a potência adequada com a potência do aparelho. E ainda, não só é fundamental manter o aparelho em local seco e arejado, como também verificar o seu funcionamento constantemente.

Alternativas mais seguras ao transformador no ar-condicionado!

Caso alguém ligeu um ar-condicionado de 127 Volts em uma rede de 220 Volts, o equipamento vai queimar. Isso se deve ao fato da sobrecarga (tensão elétrica maior do que foi projetado para suportar) que o equipamento foi exposto. Ao contrário de um 220 Volts, por exemplo, como citado anteriormente. Ou seja, o ar-condicionado, assim como todo aparelho eletrônico, precisa ser ligado a uma rede elétrica correspondente.

Para evitar o uso de um transformador, a maioria das pessoas procura adquirir equipamentos que sejam compatíveis com a tensão da casa.

Portanto, para garantir que o ar-condicionado funcione de maneira adequada, o ideal é fazer a adaptação da sua rede elétrica.

A melhor alternativa neste caso é solicitar junto à concessionária de energia da sua região a mudança da rede para bifásica ou trifásica. Entenda as diferenças entre os tipos de rede:

  • Rede monofásica: A rede monofásica possui dois condutores principais, sendo uma fase e outro neutro. Ele pode ter a tensão de 127 ou 220 Volts, conforme a disponibilidade da concessionária;
  • Rede bifásica: A rede bifásica é composta por três condutores principais: duas fases e um neutro. A tensão varia de 127/220 Volts ou 220/380 Volts, de acordo com a necessidade e a disponibilidade da concessionária;
  • Rede trifásica: Já a rede trifásica é composta por quatro condutores: três fases e um neutro. A tensão varia também entre 127/220 Volts ou 220/380 Volts, de acordo com a necessidade (geralmente usada em fábricas) e também com a concessionária.

Para saber mais, confira:

Padrão de Entrada: Entenda Definitivamente

Combate a incêndio causado por ar-condicionado: Previna-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *