Plano de segurança contra incêndio e pânico: Por que ter um?

Medida de segurança contra incêndio e pânico

Existem diversos fatores que podem provocar um incêndio, por exemplo, um evento da natureza como um raio, um erro humano numa instalação elétrica ou até a falta de revisão de uma instalação. Contudo, existem diversas formas de prevenir adequadamente um incêndio, uma delas é a elaboração de um plano de segurança contra incêndio e pânico (PSCIP). No Brasil, assim como acontece em diversos países, existe um órgão que cuida diretamente desse tipo de ocorrência, o corpo de bombeiros (CBM). Porém, o CBM não se restringe apenas a apagar incêndios, o corpo de bombeiros possui normas para que se possa prevenir o incêndio.

Tendo a prevenção como foco, faz-se então necessário o plano de segurança contra incêndio e pânico, esse plano ou projeto não executivo, visa garantir medidas de proteção para os diversos tipos de estabelecimento. Este só pode ser elaborado por profissionais capacitados, e deve ser supervisionado pelo engenheiro responsável.

Mas, o que é este Plano de segurança contra incêndio e pânico?

O plano de segurança contra incêndio e pânico, como é chamado em alguns estados, é um conjunto de documentos contendo informações essenciais para prevenção. Ele é exigido pelo corpo de bombeiros para adequar qualquer estabelecimento, seja ele residencial coletivo, comercial, entre outros. O PSCIP prevê que tenham uma segurança mínima  e adequada para seu tipo de estabelecimento. E, após a execução do PSCIP, é possível solicitar uma simples vistoria. Após isso é possível entrar pedido para a retirada do auto de vistoria do corpo de bombeiros (AVCB). Este AVCB é importante, pois garante que foi feito a prevenção adequada. Em caso de sinistro, se o estabelecimento estiver assegurado por alguma empresa, é muito importante que o AVCB esteja dentro da validade.

Bom, mas para que serve o PSCIP, afinal?

O Plano de segurança contra incêndio e pânico serve para garantir que seu estabelecimento tenha as condições adequadas de segurança em caso de algum acidente. Além disso, todo estabelecimento, exceto residencial unifamiliar, deve ter o AVCB para que não seja autuado. Este documento fornecido pelo corpo de bombeiros assegura que o estabelecimento está em conformidade com as normas de segurança contra incêndio e pânico.

Mas por que devemos está em conformidade com essas normas?

Primeiramente é essencial que a prevenção seja o procedimento adotado para evitar que haja perda material e imaterial. Segundo, a partir de um cruzamento de dados do Sistema Único de Saúde (SUS) com uma pesquisa realizada pela Geneva Association, o Brasil é o terceiro país em mortes por incêndio. Além disso, é obrigatório que o estabelecimento esteja com o plano de segurança contra incêndio e pânico aprovado, executado e atualizado para que ele não seja multado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *