Padrão de Entrada: o que você sabe sobre esse serviço?

Os projetos de padrão de entrada (PPE) possibilitam a prevenção de gastos desnecessários com eletricidade e garantem a segurança da propriedade do consumidor.

Uma vez que as concessionárias somente realizam a ligação elétrica após a adequação e implementação do padrão de entrada, torna-se necessário, a todo estabelecimento que  utilize energia elétrica, dispor de um PPE. Este deve atender as normas, estando em conformidade com fatores, como o nível de tensão e a quantidade de fases que o estabelecimento necessita, por exemplo.

 

Eletricista Poste

 

Vantagens Associadas ao Padrão de Entrada

 

Ao certificar que a energia fornecida está de acordo com as especificações de cada aparelho, o padrão de entrada garante a segurança do consumidor e a integridade dos seus equipamentos. Além disso, realizar um PPE pode revelar irregularidades na sua rede elétrica, como alguma instalação incorreta ou algum tipo de “gato”, que estariam aumentando os gastos com energia. O projeto também livra o consumidor da preocupação de agendar mais de uma visita da COELBA para realizar sua ligação, evitando custos desnecessários.

Além da segurança, o PPE é interessante para o consumidor. Um bom projeto proporciona uma maior eficiência e permite acompanhar o consumo de energia. Também é essencial à distribuidora porque possibilita o acesso às informações sobre o quanto é gasto pelo consumidor. Com esse intuito, existem os medidores, que são padronizados pelas concessionárias.

Esquemático Padrão de Entradaq
Padrão de Entrada Residencial

 

Manutenção e Vistoria do Padrão de Entrada

Para garantir que os padrões de entrada não se tornem negligenciados ou que não atendam aos requisitos básicos de funcionamento, as concessionárias de energia elétrica de cada estado são responsáveis por disponibilizar as versões mais atuais das normas vigentes e realizar a inspeção final para ligação da eletricidade. No caso de adversidades, que destoam das proposições trazidas pelas normas, a concessionária é impedida de finalizar a conclusão. Nestes casos, o dono do estabelecimento precisa adequar o seu PPE ao exigido.

Com o Padrão de Entrada correto, você economiza tempo, dinheiro, evita danos nos eletrodomésticos e agiliza a sua ligação.

 

Autores: Davi Buente, Júlia Gomes, Marcelo Dias e Rodrigo Chagas

 

Textos Relacionados:

  1. Queda de energia constante? Veja a possível causa e solução
  2. Vai realizar uma reforma? Saiba como se preparar
  3. A importância dos sistemas elétricos de potência
  4. Por que realizar meu Projeto de Padrão de Entrada (PPE) com a EletroJr?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *