Livre-se do “vai e vem” no termômetro soteropolitano e ainda gaste pouco

Salvador, Bahia, Brasil. Uma terra que possui a incrível capacidade de ser muito quente, quando se precisa de um ambiente tranquilo e aconchegante, ou fria o suficiente para congelar o dedo mindinho no meio da noite. Incômodo, não? Agora, imagine um frigorifico, que precisa de uma temperatura baixa em meio ao verão escaldante dessa terra maravilhosa. Como fazer essa mágica? Ou mesmo no escritório, ou em casa: como fazer com que nos sintamos bem independentemente do clima lá fora?

A resposta para tudo isso é simples: um sistema de refrigeração. “Mas custa muito caro manter!”, diriam os meros mortais, diferentes de você que agora lê este blog. Eu te digo que não, mas neste momento você se pergunta: “Como assim? Tudo que me contaram era mentira?”. Digamos que sim.

Com certeza, você já deve ter ouvido falar das contas de luz absurdas que passaram a chegar na casa de um amigo logo após ele instalar um ar-condicionado. “Aí, vê? É caro!”. Não, ele, imprudentemente, não planejou a instalação e o consumo. É claro que há um gasto a mais, mas não precisa ser abusivo.

Isso se aplica, também, a fábricas ou ao comércio: falta de planejamento. Para quê comprar um refrigerador de ar com 15.000 BTUs de potência se seu escritório é uma pequena área de 4 m²? Ou o contrário: um de mesma potência se ele possui o tamanho de uma quadra de futebol? Não dará certo. Ou refrigerará a mais, ou a menos, além de consumir muito mais que o necessário, independentemente da situação. Aí entra a EletroJr.

A Eletro oferece uma carta de serviços completa que aborda as mais diversas situações para sua refrigeração ser a mais eficiente por muito menos. Tanto em um frigorífico, um escritório ou, até mesmo, em sua casa podemos fazer o melhor projeto para seu conforto e segurança, além, é claro, de poupar seu bolso. Faça um orçamento, é gratuito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *