SPDA: Uma fonte de segurança para você

O Brasil lidera o ranking de incidência de raios no mundo. Tais descargas podem ser tão fortes a ponto de serem fatais, e se você está pensando que essa realidade está longe, saiba que ela pode sim acontecer na sua casa. Um estudo realizado pelo grupo de Eletricidade atmosférica (ELAT) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revela que permanecer dentro de casa não é tão seguro quanto se pensa, pois 15% da média anual de mortes por eletricidade nos últimos anos foram dentro de residências.

Uma descarga elétrica que atinja a sua residência pode causar danos severos à estrutura, às instalações e equipamentos eletrônicos. Portanto se você gosta de andar em casa descalço, possui telefone com fio ou equipamentos elétricos caros e não possui algum tipo de defesa contra essas descargas, saiba que a potência do raio pode ser suficiente para causar danos sérios tanto a seus equipamentos -o que pode gerar um prejuízo enorme para o  seu bolso- quanto às pessoas que moram lá, fato esse que se torna ainda mais assustador quando se pensa que podem haver crianças no local. Mas então, como resolver isso?

O sistema de proteção contra descargas atmosféricas (SPDA) é o principal meio de defesa que qualquer edifício pode ter contra eletricidade. O famoso para-raios, é o fruto dos experimentos de Benjamin Franklin feitos em 1752. Ele percebeu que os elementos condutores que tinham uma ponta afiada conseguiam direcionar a carga elétrica em distâncias longas, assim, hoje em dia, o SPDA é composto por dispositivos instalados nos pontos mais altos das estruturas com o objetivo de evitar o dano que poderia ser causado pela incidência de raios no local.  

 

Como o SPDA nos protege?

Bom, a presença do para-raios não impede a formação de nuvens carregadas e nem as descargas elétricas de acontecerem; estes são fenômenos naturais e não podem ser evitados. O que o SPDA faz é, como representado na figura ao lado, guiar para a terra as perigosas correntes geradas pelos raios por um caminho mais seguro, minimizando ao máximo os seus impactos nas instalações e construções, protegendo assim as pessoas no local.  

                                                                                                             Veja aqui mais sobre o SPDA.   

“AH, MAS MEU PRÉDIO JÁ TEM SPDA. ESTOU SEGURO”

Um pouco de calma agora. Sim, um SPDA faz toda a diferença, porém o fato de ele estar instalado não dá a certeza de que o resto das instalações elétricas de sua edificação, ou até o próprio sistema de proteção estão em boas condições. Pensando agora, você saberia dizer se o seu prédio/casa/estabelecimento possui um laudo de SPDA em dia?

Bom, essa é uma pergunta importante pois o laudo é o atestado legal que deixa claro as boas condições das instalações elétricas do local, e, vale ressaltar, ele é obrigatório. Por isso, para ter certeza do funcionamento efetivo das dependências elétricas da edificação assim como evitar problemas com a lei é importante ter ambos.

Interessado? Leia mais sobre a importância de um laudo.

Como o leitor já percebeu, os dois serviços são de suma importância tanto para estabelecimentos residenciais quanto comerciais. Entre em contato conosco para tirar quaisquer outras dúvidas ou contratar os serviços, a Eletrojr estará sempre disponível e mais do que feliz em te ajudar a tornar o teu ambiente mais seguro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *